Nível de Maturidade Tecnológica

O Nível de Maturidade Tecnológica – TRL (em seu acrônimo em inglês) é uma metodologia originalmente desenvolvida pela NASA para definir o processo de desenvolvimento de uma dada solução tecnológica.

A metodologia foi adaptada ao desenvolvimento de soluções gerais que integram várias tecnologias em um mesmo artefato ou sistema e dividida em 9 (nove) níveis que vão da pesquisa básica, destinada a responder questões científicas iniciais, à introdução da inovação no mercado.

O nível da incerteza (risco tecnológico) é inversamente proporcional às passagens de níveis. Uma dada solução só pode ser considerada num determinado TRL quando cumprir todos os requisitos daquele nível. Do contrário, a solução permanece no nível anterior.

Cálculo do TRL

Calcular o TRL é uma tarefa complexa, mas já bem conhecida. O setor aeroespacial talvez seja o que possui mais experiência no tema. Mas, já existem metodologias prontas para outros setores, inclusive para softwares.

A calculadora IMATEC, desenvolvida pela Agência Espacial Brasileira, se baseia em uma série de questionários que confirmam o estado atual de desenvolvimento da tecnologia analisada, o que é feito individualmente para cada um dos componentes de uma Estrutura de Divisão de Produto (Product Breakdown Structure).

Para que você defina o TRL da solução de interesse sugerimos a calculadora IMATEC da Agência Espacial Brasileira e a calculadora de TRL da Força Aérea Norte Americana.

Disponibilizamos também diversos manuais importantes. Mas, caso você tenha dúvidas mais específicas, entre em contato com a gente para lhe ajudar.

Manual da EMBRAPA https://cloud.cnpgc.embrapa.brnap/files/2018/08/EscalaTRL-MRL-17Abr2018.pdf

Manual do Government Accountability Office – GAO Norte Americano: https://www.gao.gov/assets/680/679006.pdf.

Manual do Departamento de Transporte Norte Americano: https://www.fhwa.dot.gov/publications/research/ear/17047/17047.pdf.